Ads 468x60px

Posts em Destaque

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Corpo de Ariano Suassuna é velado no Palácio

Amanda MirandaDo NE10
Corpo chegou ao Palácio do Governo às 22h50 / Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Corpo chegou ao Palácio do Governo às 22h50Foto: Diego Nigro/JC Imagem

Imortal. Foi assim que familiares, amigos e fãs do escritor e dramaturgo Ariano Suassuna o definiram no fim da noite quarta-feira (23). O velório do autor de obras como O Auto da Compadecida foi aberto esta noite, no Palácio do Campo das Princesas, sede do Governo de Pernambuco, para que admiradores pudessem prestar homenagens ao grande nome do Movimento Armorial - mas não as últimas. O legado de Ariano - seus personagens e lições de vida sempre com muito bom humor - o mantém vivo principalmente entre os que apreciam a cultura nordestina, aqueles que prometem reverenciá-lo eternamente, como os fãs e parentes que estiveram na abertura do velório.


Aberto ao público, o velório seguirá até as 15h desta quinta (24), quando o corpo seguirá em cortejo até o cemitério Morada da Paz, em Paulista, no Grande Recife, onde será o sepultamento, marcado para as 16h.
O corpo de Ariano chegou ao palácio às 22h50, momento em que o hall estava lotado de familiares do escritor e autoridades, como o ex-governador Eduardo Campos (PSB), ligado ao dramaturgo desde muito jovem, e a mulher dele, Renata Campos, sobrinha do dramaturgo. Eduardo, o governador João Lyra Neto (PSB), o candidato a senador Fernando Bezerra Coelho (PSB) e parentes de Ariano carregaram o caixão, que entrou na sede do governo sob aplausos. Mais cedo, logo após receber a notícia da morte do "grande professor", visivelmente abalado, o presidenciável afirmou que Ariano deixa um "exemplo de dignidade e amor ao Brasil" que todos os brasileiros deveriam seguir. Campos cancelou todos os compromissos de campanha destas quarta e quinta-feira para ficar no Recife.

Em seguida, os mais próximos ao escritor participaram de celebração católica ministrada pelo frei Aluísio Fragoso. O caixão foi coberto pela bandeira da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), onde Ariano foi professor de estética. No início da noite, o reitor Anísio Brasileiro disse, em nota, que "o talento profundo de Ariano Suassuna encantou gerações de estudantes da UFPE e suas aulas ficarão para sempre na memória de todos nós."
Durante a cerimônia, uma das netas de Ariano, a psicóloga Germana Suassuna, de 26 anos, fez um discurso emocionado em nome dos primos. Vestida com a camisa do Sport, time do coração do avô, agradeceu por ter nascido em uma família "privilegiada" e prestou homenagem também à avó, Zélia de Andrade Lima, companheira do dramaturgo que ficou o tempo todo ao lado do corpo do marido. "Ela tem um andar frágil e uma voz não muito forte, mas vocês não têm ideia de como dona Zélia é uma mulher forte", disse. E afirmou que a família continuará unida e mantendo hábitos que tinham com Ariano, como o de almoçar juntos aos domingos.


Pouco antes do fim da celebração religiosa, dezenas de fãs começaram a fazer fila na porta do Palácio do Campo das Princesas para também prestar homenagens ao ícone da cultura de Pernambuco. A historiadora Geórgia Branco foi uma das primeiras a chegar. Admiradora de Ariano como homem e escritor, disse que ele foi marcante pela sua importância para o Nordeste. "Só se torna universal o que permanece com as suas raízes. Incrível. Ariano."
Como o dramaturgo, a empresária Vera Farias, que também estava na fila, nasceu em outro estado e adotou o Estado como a sua terra; se descreve como "pernambucha". Vera não conhece o Ariano escritor, afinal nunca leu uma publicação dele. Mas conheceu o lado professor do paraibano apaixonado por Pernambuco. A empresária, que levou rosas vermelhas para o rubro-nego, virou fã por assistir às aulas-espetáculo de Ariano, momentos em que é conhecido por fazer rir. Desses momentos tirou o principal ensinamento: "Aprendi a sorrir. Como era bom sorrir com ele!"
LUTO - Ariano Suassuna morreu nesta quarta-feira no Recife, aos 87 anos, vítima de parada cardíaca após entrar em coma depois de sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC) hemorrágico na noite da última segunda-feira (21). Pelo falecimento, a Prefeitura do Recife e o Governo do Estado declararam três dias de luto oficial.

Morre no Recife, aos 87 anos, o escritor Ariano Suassuna

Do NE10
O escritor já havia sofrido um infarto agudo no ano passado / Foto: Alexandre Belém/Acervo JC Imagem
O escritor já havia sofrido um infarto agudo no ano passadoFoto: Alexandre Belém/Acervo JC Imagem
O escritor e dramaturgo Ariano Suassuna morreu por volta das 17h15 desta quarta-feira (23), no Recife. Aos 87 anos, Ariano faleceu após uma parada cardíaca. Ele estava em coma, respirando com a ajuda de aparelhos, internado na UTI neurológica do Real Hospital Português, área central do Recife, desde a noite dessa segunda-feira (21), quando havia sido submetido à cirurgia após sofrer Acidente Vascular Cerebral (AVC) hemorrágico. O quadro clínico do escritor sofreu uma piora na noite dessa terça de acordo com boletim médico divulgado às 20h.


Ariano Suassuna "teve uma parada cardíaca provocada pela hipertensão intracraniana", explicou a neurocirurgiã Feliciana Castelo Branco, que assinou a nota de falecimento do escritor enviada à imprensa.
O velório será no Palácio do Campo das Princesas, sede do Governo de Pernambuco, a partir das 23h, aberto ao público. O enterro acontecerá nesta quinta-feira (24) às 16h, no cemitério Morada da Paz, em Paulista, Grande Recife.
O procedimento após o AVC foi o segundo de Ariano em menos de um ano. O escritor já havia sofrido um infarto agudo do miocárdio no dia 21 de agosto de 2013, sendo submetido a um cateterismo na Unidade Coronária do RHP. O escritor passou seis dias internado e teve alta para continuar um tratamento domiciliar. No entanto, ele voltou ao hospital dois dias depois, quando passou por uma arteriografia, devido a um aneurisma cerebral.


Ariano era um dos mais ilustres torcedores do Sport Club do RecifeFoto: Alexandre Belém/Acervo JC Imagem
Na última sexta-feira (18), Ariano Suassuna apresentou uma aula-espetáculo no Teatro Luiz Souto Dourado, em Garanhuns, Agreste pernambucano, integrando a programação do Festival de Inverno daquela cidade.


ABL - O autor de O Romance d’A Pedra do Reino e de O auto da Compadecida era membro da Academia Brasileira de Letras, da cadeira de número 32). Também tinha cadeira nas academias pernambucana e paraibana de Letras - respectivamente, as cadeiras 8 e 35.
Nascido na Paraíba, Ariano Suassuna possuía os títulos de cidadão pernambucano e paulistano. Era dono de vários prêmios, como o de Nacional de Ficção conferido pelo Ministério de Educação e Cultura, dado ao Romance d’A Pedra do Reino e oPríncipe do Sangue do Vai-e-Volta, em 1973.
Várias obras de Ariano foram traduzidas em países como Alemanha, Estados Unidos e Holanda e transpostas para a televisão e cinema. Também foi homenageado em Carnavais: este ano, foi o tema do Galo da Madrugada, no Recife; e, em 2002, no Rio de Janeiro, foi homenageado pela Escola de Samba Império Serrano, que desfilou com o tema Aclamação e Coroação do Imperador da Pedra do Reino Ariano Suassuna.


DE TAPERÓA PARA O MUNDO - Ariano Vilar Suassuna nasceu no dia 16 de junho de 1927 na cidade de Nossa Senhora das Neves, atual João Pessoa, capital da Paraíba. Ele foi o oitavo dos nove filhos de João Suassuna, presidente do Estado da Paraíba na década de 20 do século passado e que foi assassinado no Rio de Janeiro em 1930 em consequência das divisões e lutas políticas da Paraíba.
Três anos após a morte do pai e com Ariano aos cinco anos, a família Suassuna se mudou para Taperoá, no interior paraibano, onde começou a ir a escola, participou de caçadas e expedições e teve contato com a cultura popular, assistindo a desafios de viola e apresentações de mamulengo. Ainda criança, passou a estudar no Recife, para onde a família se mudou no final em 1937. Na capital pernambucana, começou na música erudita e na pintura.


O escritor era um dos grande defensores da cultura brasileira
O escritor era um dos grande defensores da cultura brasileiraFoto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Na Faculdade de Direito do Recife, em 1946, encontrou vários escritores atores, poetas, pintores, romancistas e pessoas interessadas em arte e literatura, como Hermilo Borba Filho, José Laurênio de Melo, Carlos Maciel, Salustiano Gomes Lins, Capiba, Galba Pragana, Joel Pontes, Ivan Neves Pedrosa, Aloísio Magalhães, Heraldo Pessoa Souto Maior, José de Moraes Pinho, José Guimarães Sobrinho. Esse grupo teve profunda influência na formação de Suassuna. No ano seguinte, escreveu sua primeira peça de teatro:Uma Mulher Vestida de Sol, baseando-se no romanceiro popular nordestino. De lá, para cá, foram quase 20 obras escritas.
Em 1959, em companhia de Hermilo Borba Filho, fundou o Teatro Popular do Nordeste e as bases para o Movimento Armorial, que seria lançado em 1970. Formado em direito e filosofia, se tornou professor de várias cadeiras (estética, literatura brasileira, teoria do teatro) na Universidade Federal de Pernambuco, de onde se aposentou em 1989. Sempre atuante, Ariano Suassuna ocupou vários cargos políticos. Na década de 70, foi secretário de Educação e Cultura do Recife e, mais recentemente, na gestão de Eduardo Campos, secretário da Cultura e e depois secretário da Assessoria Especial do Governo de Pernambuco. Ariano Suassuna era casado com Zélia de Andrade Lima e deixou seis filhos.
  • 1
  •  
  • 2
  •  
  • 3
  •  
  • 4
  •  
  • 5
  •  
  • 6
  •  
  • 7
  •  
  • 8

Principais obras de Ariano Suassun

Amigos lamentam a morte de Ariano Suassuna

Do NE10
Ariano faleceu após sofrer uma parada cardíaca no Recife / Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Ariano faleceu após sofrer uma parada cardíaca no RecifeFoto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Os amantes da literatura ainda estão impactados diante da morte do escritor Ariano Suassuna, que faleceu aos 87 anos na tarde desta quarta-feira (23), no Recife. Ao saber da triste notícia, amigos e companheiros de trabalho prestaram homenagens e comentaram sobre a dor de perder um imortal da Academia Brasileira de Letras (ABL).
Leda Alves, que encenou peças de Ariano e é a atual Secretária de Cultura de Recife, considera a convivência com o escritor um privilégio. "Dentro de mim vai a falta do amigo que eu de vez em quando conversava, mas que me trouxe uma luz muito grande na minha caminhada", disse.
"Eu também morro um pouco porque, com a morte de Ariano, eu perco a minha referência no mundo literário", disse, chorando, o escritor Raimundo Carrero, de 66 anos. Muito amigo do dramaturgo, Carrero contou que não teve a oportunidade de visitá-lo no hospital por estar com problemas de saúde e sem conseguir andar.
Aos 92 anos, a atriz Geninha da Rosa Borges teve que conter a emoção ao saber da notícia da morte. "Minha nora que me deu a notícia. Foi uma coisa tão esquisita, eu nunca pensei em receber uma notícia dessas. Estou muito abalada".
"O Ariano, pra mim, é um mestre com quem aprendi muito e tenho um laço grande de carinho. Também tenho a honra de ter espalhado a arte dele na televisão", ressaltou o diretor e roteirista João Falcão, responsável pela adaptação do Auto da Compadecidapara televisão em 1995.
"Foi um choque. Em 21 dias, a academia perdeu três de seus imortais. Eu fui colega contemporâneo do Ariano, na Faculdade de Direito do Recife. Pra mim, é uma perda pessoal. Para você ter ideia, eu estava presente na primeira peça do Ariano, quando ele tinha 20 anos, no Parque 13 de Maio, no Recife", lamentou Geraldo Holanda Cavalcanti, presidente da Academia Brasileira de Letras.


Para ela, Ariano nunca morrerá, e sua obra deve ser difundida pelos que a conheceram: "Ninguém amou tanto o povo brasileiro, a vida brasileira do que Ariano. Não deu tempo ele conversar com todos os brasileiros, mas eu acho que a obra que vai ficar e que a gente vai ter consciência da importância e da riqueza dessa obra para o Brasil".
O reitor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Anísio Brasileiro, também lamentou a morte do escritor. O dramaturgo foi professor de Estética na instituição desde 1957 até 1989: "O Brasil fica menos feliz e menos popular com a partida de Ariano Suassuna. Caberá a nós cuidar de cultivar as belas sementes que ele plantou".

Jornalista Magno Martins visita a cidade de Vertentes.



Após passagem em Toritama, o jornalista também esteve na cidade de Vertentes onde visitou algumas personalidades, como; o Conselheiro Tutelar e Proprietário da Auto - Escola Vertentes, o jovem Davi de Fanha, o ex - prefeito, Dr. Ozair Cavalcanti, o empresário Edijan Filho e outras pessoas.






Em Visita á Toritama, Magno Martins Fala de Sua Trajetória e a Importância do Jornalismo Para a Formação de Opinião‏


Em sua visita a "Capital do Jeans", o jornalista falou de sua satisfação, sua trajetória e a importância do jornalismo principalmente nas redes sociais.
Na manhã desta quarta - feira (23), esteve presente ao Programa Tribuna do Povo da Rádio Professor Falcão "A Líder de Toritama", o conceituado e renomado jornalista Magno Martins. Durante o bate papo com os apresentadores Alberto e Wendell Galdino, Magno falou dos fatos marcantes durante os seus trinta anos de jornalismo, as coberturas históricas, acontecimentos marcantes e a satisfação de exercer tal função.
Falou de sua postura, seus comentários e os efeitos de suas opiniões durante todo esse tempo; "São trinta anos de cobertura política, tanto em Pernambuco, como em Brasília, mas a essência do meu jornalismo está na neutralidade na hora de comentar e informar tal acontecimento, por exemplo se há acertos, elogio, se há erros, as criticas"; disse Magno.
Falou da satisfação em ser jornalista, ter um dos mais acessessados blog's do nordeste, como também os desafios enfrentados e o maior prêmio,segundo Magno, é o reconhecimento de seu trabalho, e se orgulha em ter tamanha influência nas opiniões, informações e decisões.
Por fim Magno enalteceu a importância do jornalismo, das rádios em especial,as comunitárias e também a influência das redes sociais e fechou parabenizando o programa Tribuna do Povo e a sua importância para a formação de opinião de Toritama e região. Ao sair da emissora o mesmo encontrou - se com algumas personalidades da Capital do Jeans, como: Os empresários Edijan Enildo, Lucimário, o empresário Aelson Leite, o "Baiaco", o ex - vereador Val de Doro da Charque, além de outras personalidades toritamenses.





















quarta-feira, 23 de julho de 2014

PREFEITO EVILÁSIO RECEBE NOVO COMANDANTE DA POLÍCIA MILITAR EM SEU GABINETE



O Prefeito de Taquaritinga do Norte, José Evilásio Araújo, recebeu na tarde da segunda-feira (21) em seu gabinete, o novo comandante do 24º Batalhão de Polícia Militar em Santa Cruz do Capibaribe, Reinaldo de Mesquita Júnior.
O comandante que atuava na 4ª CIPM de Petrolândia, está atuando agora na Capital da Sulanca onde continuará realizando o seu trabalho.
Durante o encontro, também estavam presentes o líder do Governo Municipal, vereador Gílson Carlos, a Secretária de Finanças Maria de Lourdes Malaquias e o colaborador da administração Evilásio e Lero, o comerciante Jonas.
Na ocasião, o vereador Gílson divulgou que será marcada uma reunião em breve com as participações do Prefeito, Vice-prefeito e vereadores do Município, onde serão tratados assuntos relacionados à segurança pública.
Uma outra reunião também será marcada com comerciantes e a sociedade em geral. Na ocasião, o Prefeito Evilásio deu as boas vindas ao comandante e deixou claro o apoio de sua administração ao trabalho da Polícia Militar no sentido de manter a paz e a ordem no Município e em toda região.
Fonte: Assessoria.

EXCLUSIVO - MENOR QUE ESCAPOU DA CHACINA DE VERTENTES, CONFESSA TER ASSASSINADO GISELY

Em uma entrevista exclusiva ao Agreste Notícia, o Escrivão Zisnaldo da 21ª Delegacia de Polícia e Homicídios (DPH) da cidade de Santa Cruz do Capibaribe, falou sobre o depoimento do menor infrator que foi apreendido no dia 19 de junho após ter praticado um assalto na cidade de Caruaru.

Segundo informações repassadas ao Blog, o menor é de altíssima periculosidade e era um dos alvos da chacina que aconteceu no dia 12 de abril desse ano, em Vertentes. Ainda de acordo com as informações, o adolescente escapou de ser assassinado, devido ter saído minutos antes da chegada dos criminosos que executaram quatro pessoas que estavam no interior da residência, sendo uma delas, a adolescente Vivian Anorio Lima Silva, de 14 anos.

Segundo informações repassadas ao Blog, o menor é de altíssima periculosidade e era um dos alvos da chacina que aconteceu no dia 12 de abril desse ano, em Vertentes. Ainda de acordo com as informações, o adolescente escapou de ser assassinado, devido ter saído minutos antes da chegada dos criminosos que executaram quatro pessoas que estavam no interior da residência, sendo uma delas, a adolescente Vivian Anorio Lima Silva, de 14 anos.
 O depoimento do menor infrator foi colhido no último dia 16, sobre um forte esquema de segurança montado pelas Policias Civil e Militar. Clique AQUI e relembre. Na oportunidade, envolvido confessou ter assassinado no dia 12 de junho na cidade de Santa Cruz do Capibaribe, a adolescente Gisely Lopes do Nascimento, que tinha 17 anos, no dia 12 de junho. . Em seus argumentos, o assassino alegou ter matado a jovem, pois acredita que a mesma teria levado os meliantes que executaram a chacina, que das quatros vítimas, duas delas era seu cunhado e sua irmã.
O mesmo adolescente confessou ter assassinado também, Luiz Thiago Ferreira, de 19 anos, em São Domingos distrito de Brejo da Madre de Deus. O crime aconteceu no dia 31 de julho de 2013, entretanto, a vítima que tinha sido socorrida, faleceu no dia 1º de Agosto.
O Escrivão Zisnaldo falou que apesar do jovem ter confessado apenas dois crimes, ele é suspeito de executar outros, que ainda estão sendo investigados. Sobre o esquema de segurança montado no dia da tomada de depoimento do menor.
O Escrivão falou que a Polícia tinha o conhecimento que havia um interesse de resgate ou até mesmo execução do adolescente por parte de outros elementos, por isso foi preciso um aparato que contou com mais de 25 policiais para garantir a integridade física do envolvido, a coibir qualquer tentativa de resgate.
Para ajudar a Polícia na elucidação de alguns crimes, você pode entrar em contato pelos números (81) 9488.7041/94887349. Garantia do anonimato.
Do: Blog Agreste Notícia

Ibope: Dilma tem 38% das intenções de voto; Aécio, 22% e Campos, 8%

Da Agência Brasil
Pesquisa do Ibope, encomendada pela Rede Globo e pelo jornal O Estado de S. Paulo, mostra a candidata Dilma Rousseff (PT) com 38% das intenções de voto. Em seguida, aparecem o candidato Aécio Neves (PSDB), com 22%; e Eduardo Campos (PSB), com 8%.


O nível de confiança da pesquisa é 95%, com margem de erro de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O candidato Pastor Everaldo (PSC) aparece com 3%. Eduardo Jorge (PV), Zé Maria (PSTU), Luciana Genro (PSOL) tiveram 1%, cada um. Eymael (PSDC), Levy Fidelix (PRTB), Mauro Iasi (PCB) e Rui Costa Pimenta (PCO) têm juntos 1%. Votos brancos e nulos somam 16% e não responderam ou não sabem, 9%.

Piora estado de saúde de Ariano Suassuna

Do NE10
O escritor e dramaturgo está internado após sofrer um AVC nesta segunda-feira / Foto: Alexandre Belem/Acervo Jc Imagem
O escritor e dramaturgo está internado após sofrer um AVC nesta segunda-feiraFoto: Alexandre Belem/Acervo Jc Imagem
A situação do escritor e dramaturgo Ariano Suassuna, 87 anos, piorou. Boletim médico divulgado às 20h desta terça-feira (22) pelo Real Hospital Português (RHP), localizado na área central do Recife, aponta que o estado de saúde dele sofreu uma piora. "Houve um agravamento do quadro clínico e a situação é instável", diz a nota.
Na noite dessa segunda-feira (21), ele sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) hemorrágico e passou por procedimento cirúrgico. Desde então, Ariano está em coma e respirando com ajuda de aparelhos.
Confira a nota oficial assinada pela médica neurocirurgiã Feliciana Castelo Branco:


Ariano apresentou na última sexta-feira aula-espetáculo em GaranhunsFoto: Ricardo Labastier/ JC Imagem
"O paciente Ariano Suassuna permanece internado na UTI Neurológica do Real Hospital Português, em coma e respirando com ajuda de aparelhos. Houve um agravamento do quadro clínico e a situação é instável, com queda da pressão arterial e pressão intracraniana muito elevada."
Ariano já havia sofrido um infarto agudo do miocárdio no dia 21 de agosto do ano passado, sendo submetido a um procedimento de cateterismo na Unidade Coronária do RHP no mesmo dia. O escritor passou seis dias internado e teve alta para continuar um tratamento domiciliar. No entanto, ele voltou ao hospital dois dias depois, quando passou por uma arteriografia, devido a um aneurisma cerebral.





Na década de 70, assumiu o cargo de secretário de Educação e Cultura do Recife e, mais recentemente, na gestão de Eduardo Campos, secretário da Cultura e, depois, secretário da Assessoria Especial do Governo de Pernambuco.
Na última sexta-feira (18), o escritor apresentou uma aula-espetáculo no Teatro Luiz Souto Dourado, em Garanhuns, Agreste pernambucano, integrando a programação do Festival de Inverno daquela cidade.
BIOGRAFIA - Fundador do Movimento Armorial, o escritor paraibano tem, entre suas obras, Uma Mulher Vestida de Sol(1947), Auto da Compadecida (1949), O Santo e a Porca (1957) e O Romance d'A Pedra do Reino e o Príncipe do Sangue do Vai-e-Volta (1971).
  • 1
  •  
  • 2
  •  
  • 3
  •  
  • 4
  •  
  • 5
  •  
  • 6
  •  
  • 7
  •  
  • 8
  •  
  • 9
  •  
  • 10

A vida do ilustre Ariano Suassuna

Aula-espetaculo do escritor Ariano Suassuna realizada em Panelas | Foto: Alexandre Gondim
Crédito: Alexandre Gondim/JC Imagem

terça-feira, 22 de julho de 2014

A CASA CAIU: Bandido é assassinado durante tentativa de assalto!



CARUARU: Um assaltante foi morto a tiros no decorrer de uma tentativa de assalto, registrada no período da manhã desta segunda-feira (21), na rodovia federal BR-104, nas proximidades da comunidade do Lampião, zona rural do município de Caruaru, no Agreste Pernambucano.
Segundo informações, Edvaldo Teotônio da Silva, de 29 anos, vulgo “Mago do Ibura”, que residia em Jaboatão dos Guararapes e portava uma pistola 380, teria tentado roubar em companhia de dois desconhecidos, um ônibus que transportava sulanqueiros, provavelmente para Toritama ou Santa Cruz do Capibaribe, quando houve uma troca de tiros com ocupantes de um carro que fazia a escolta do ônibus,o que impediu o sucesso nos planos do mesmos.
Edvaldo Teotônio que foi baleado morreu ainda no local, já os seus comparsas conseguiram fugir, mesmo alvejados por disparos de arma de fogo. Não se sabe a autoria dos tiros, e nenhum líder de excursão prestou queixa na região. O corpo foi encaminhado para o IML de Caruaru. (INFORMAÇÕES E FOTOS BLOG DO ADIELSON GALVÃO)