sexta-feira, 25 de janeiro de 2019

Goiano com diversas opções para escalar Náutico no clássico


Volta de Bruno e regularização de André Krobel aumentam possibilidade de o treinar alterar time para jogo contra o Sport



Do gol ao ataque, o Náutico tem diversas opções para montar sua equipe que entra em campo no domingo, contra o Sport, na Ilha do Retiro, pelo Campeonato Pernambucano. A escalação não deve ser confirmada com antecedência pelo técnico Márcio Goiano e o treino de hoje, no CT Wilson Campos, será fechado. Ainda assim, é possível estudar as possibilidades de montagem do time para o primeiro clássico de 2019.
Recuperado de lesão no cotovelo esquerdo, o goleiro Brunovoltou aos treinamentos e fica à disposição de Goiano. O atual titular, Luiz Carlos, não atravessa boa fase, falhando principalmente nas bolas pelo alto. Na lateral direita, a novidade pode ser a estreia de André Krobel, entrando no lugar do prata da casa Hereda. Nas demais posições da defesa, o treinador deve manter Assis na lateral esquerda e a zaga com Camutanga e Sueliton.
Suspenso na partida anterior, pelo NordestãoJosa deve retornar à cabeça de área. Essa, ao menos, seria a escolha natural. Jiménez, seu substituto, fez boa partida diante do Gipão e corre por fora. Luiz Henrique e Jorge Henrique devem completar o meio.
No ataque, Wallace Pernambucano é nome certo. Fábio Matos, Matheus Carvalho, Thiago e Lucas Paraíba brigariam pelas outras duas vagas. Fábio foi elogiado após a vitória contra o Sergipe. Matheus anotou o gol de honra alvirrubro na derrota por 2x1 para o Central, na estreia do Estadual. Thiago e Lucas, ambos das categorias de base, já tiveram algumas oportunidades no time titular. Outro cenário, mais cauteloso, teria Josa e Jiménez juntos, com Luiz mais à frente e Jorge Henrique na armação. Wallace, novamente, seguiria intocável. Os demais nomes lutariam pela posição restante.
Se quiser trocar a velocidade por cadência, Goiano pode escalar Maylson pela primeira vez entre os titulares. Ele atuaria à frente dos volantes, como um "homem-surpresa" no ataque. Por fim e com menos chances de acontecer, o Timbu poderia ter o retorno de Robinho. Mas o atacante só voltou a treinar com bola ontem, após três semanas se recuperando de uma lesão no joelho direito. Sem ritmo de jogo, o prata da casa no máximo aparecerá como opção no banco.
Prioridades
Goiano esbanjou sinceridade ao dizer que, nesse início de temporada, o resultado será o mais importante. Nem que para isso o time precise adotar táticas que vão de encontro ao que o treinador pensa. “Se a gente tiver que jogar como time pequeno, vamos jogar. No começo, o importante é vencer para ter tranquilidade”, cravou.

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.