quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

Homem morre eletrocutado durante instalação de ar-condicionado em loja no Recife


Lucas Luís do Nascimento, de 18 anos, levou descarga elétrica quando equipamento atingiu fiação, segundo gerente do local. Acidente aconteceu onde jovem trabalhava




Um mecânico de 18 anos morreu eletrocutado durante a instalação de um um ar-condicionado em uma loja de venda de peças de carro, no Vasco da Gama, na Zona Norte do Recife. O Corpo de Bombeiros chegou a enviar equipe ao local para socorrer Lucas Luís do Nascimento, de 18 anos, mas o jovem não resistiu à descarga elétrica e morreu antes da chegada.

O acidente aconteceu por volta das 19h da segunda-feira (28), na Arraial Autopeças, na Avenida Norte. Na manhã desta terça-feira (29), a família da vítima esteve no Instituto de Medicina Legal (IML), na área central do Recife, para liberar o corpo.

No momento em que levou o choque, o rapaz estava com o gerente da loja, Cristiano da Silva Santos. Ele contou ao G1, por telefone, que ainda tentou salvar o funcionário. “Eu segurei a bota dele e também levei uma descarga elétrica, mas conseguir soltar”, afirmou, acrescentando que o jovem deixou a mulher grávida de seis meses.

Santos explicou que estava com Lucas instalando o aparelho depois do expediente. No momento do acidente, segundo o gerente, não estava chovendo.

“A gente estava furando a parede para colocar o ar-condicionado. Aí, percebemos que estava faltando uma tubulação. Lucas decidiu, então, usar a ferramenta para furar em outro local, que era uma laje da loja”, contou.

Segundo o gerente, ele alertou o rapaz para que tomasse cuidado ao fazer a perfuração por causa da espessura do concreto. “Ele me pediu uma ferramenta mais potente e eu fui buscar. Mesmo com o meu alerta, ele continuou a furar e atingiu um fio. Quando voltei, ele tinha levado o choque”, recordou.

A vítima trabalhava no estabelecimento há um ano e meio. Segundo Santos, os donos da loja foram também ao IML e ofereceram ajuda aos parentes de Lucas.

Por meio de nota, a Polícia Civil informou que o caso foi registrado na Central de Plantão, sendo encaminhado para a Delegacia de Casa Amarela, para ser investigado pela delegada Lidia Barci. "O local foi periciado pelo Instituto de Criminalística", afirmou a corporação no texto.

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.