terça-feira, 27 de agosto de 2019

Técnicos da Petrobras removem óleo que vazou da Refinaria Abreu e Lima


Uma equipe da Agência Estadual do Meio Ambiente (CPRH) acompanha os trabalhos e avalia a extensão do que foi afetado



Técnicos da Petrobras seguem retirando, na tarde desta terça-feira (27), o óleo que vazou da Refinaria Abreu e Lima, no Complexo Portuário de Suape, em Ipojuca, no Grande Recife. De acordo com a companhia, o vazamento está controlado desde a segunda-feira (26). O volume estimado de líquido derramado chega a 5 mil litros.

Em nota divulgada à imprensa, a empresa informou que identificou o vazamento ainda na segunda-feira. Segundo o Sindicato dos Petroleiros de Pernambuco e Paraíba (Sindipetro), o líquido transbordou da Estação de Tratamento de Detritos Industriais (ETDI), onde são tratados os resíduos de petróleo, e atingiu uma área de mangue localizada no quilômetro 43 da Rota do Atlântico, entre a Refinaria e a Petroquímica de Suape.

Nesta terça-feira, a equipe da companhia faz a limpeza do mangue que passa por baixo da rodovia. Foi encontrada uma poça de óleo no outro lado da pista, a cerca de 5 quilômetros do mar. Uma equipe da Agência Estadual do Meio Ambiente (CPRH) acompanha os trabalhos e avalia a extensão do que foi afetado.

Leia também:
Material está confinado, diz CPRH sobre vazamento de óleo da Refinaria Abreu e Lima
Cade aprova venda de oito refinarias pela Petrobras


O coordenador do Sindicato dos Petroleiros de Pernambuco e Paraíba (Sindipetro), Rogério Almeida, afirma que há poucos profissionais na estação de tratamento para conter possíveis vazamentos. "Há falta de manutenção preventiva e uma redução de efetivo. Em toda a Refinaria, já foram 200 operadores, hoje são 150", ressalta.

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.