terça-feira, 26 de novembro de 2019

Após veículos incendiados, rodoviárias atrasam saída de ônibus de garagens


Parte da frota foi recolhida ainda à noite e houve alguns atrasos no começo da manhã

Um dos incêndios ocorreu na PE-15, em Olinda


A terça-feira (26) começou sem ônibus para passageiros de parte da Região Metropolitana do Recife (RMR). A medida foi tomada pelas empresas após pelo menos três veículos terem sido incendiados desde as primeiras horas da segunda-feira (25) de acordo com a chapa eleita do Sindicato dos Rodoviários. Parte da frota foi recolhida ainda à noite e houve atrasos no começo da manhã.  Os ônibus, que costumam circular por volta das 4h30, foram às ruas somente a partir das 5h.

Segundo o Grande Recife Consórcio de Transporte, homens provocaram um incêndio em um ônibus da empresa Itamaracá na PE-15, em Olinda, na noite dessa segunda-feira (23). O Corpo de Bombeiros foi acionado por volta das 20h50 e uma viatura de combate a incêndio foi enviada ao local. A ocorrência foi finalizada por volta das 21h40 e houve perda total do veículo. Ninguém ficou ferido. 

Esse caso, aponta o Grande Recife Consórcio, gerou insegurança para as empresas, que começaram a recolher os veículos gradualmente, comprometendo o funcionamento das linhas Bacurau - aquelas que funcionam de madrugada - e, consequentemente, as linhas tradicionais no início da manhã. Segundo o Consórcio, as cidades afetadas pela paralisação foram Olinda, Paulista, Igarassu, Itamaracá e Camaragibe. A operação foi normalizada nos terminais
Outros casos de incêndio foram registrados na madrugada da segunda no Loteamento Alameda Paulista, na PE-22, em Paulista, e à noite, em Lagoa Encantada, no bairro do Ibura, na Zona Sul do Recife. Vídeo enviado ao WhatsApp do Portal FolhaPE mostra funcionários da empresa Vera Cruz tentando apagar as chamas dentro do veículo na Lagoa Encantada. 

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.