quinta-feira, 14 de novembro de 2019

Túnel da Abolição é interditado por problema na drenagem


Os condutores que passariam pelo local estão sendo orientados por agentes da CTTU e devem fazer um desvio pela Avenida Caxangá



O Túnel da Abolição, localizado na Zona Oeste do Recife, amanheceu interditado na manhã desta quinta-feira (14). O túnel, que fica no cruzamento da rua Real da Torre com a Avenida Caxangá e liga a Zona Norte do Recife à Zona Oeste ficou alagado devido à problemas de drenagem.

Por volta das 23h50 da última quarta-feira (13), agentes de trânsito da CTTU (Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife) interditaram o acesso ao túnel. Até o momento, equipes da CTTU orientam os motoristas que passam pelo local. Segundo o Grande Recife Consórcio de Transporte uma equipe da manutenção foi acionada e irá "verificar o que houve no funcionamento das bombas do Túnel da Abolição".

As equipes de manutenção, que atuam no local, afirmam que o problema foi causado por uma ruptura na fiação que alimenta as bombas de drenagem do túnel. Há suspeita de que o dano tenha sido causado por um ato de vandalismo. Os técnicos avaliam que, após o conserto da fiação, a drenagem deve durar entre duas e três horas.
Os condutores que passariam pelo local podem fazer um desvio à direita pela Avenida Caxangá e, em seguida, entrar na rua Dezenove de Novembro ou acessar a Rua Manoel Bezerra pela Real da Torre.

Por causa da interdição do túnel, o trafego nas ruas adjacentes está intenso na manhã desta quarta. O analista de TI Cleber Saraiva , 41, foi um dos prejudicados pelo trânsito lento. “O trânsito não pode ficar caótico por conta disso. Deveria existir um plano de contingenciamento que fosse executado nesse tipo de situação e não prejudicasse tanto as pessoas”, afirmou Cléber. Passei mais de uma hora em um trajeto que que normalmente faço em muito menos tempo”.


Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.