quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

“A GENTE PEDE JUSTIÇA” AFIRMA TIA DO GAROTO FLÂNIO




 Na manhã desta quarta-feira (11), está acontecendo a sessão de julgamento dos acusados Ednaldo Justo dos Santos, vulgo “Pai Nal”, Edlson da Costa Silva, vulgo “Deni”, Genival Rafael da Costa, vulgo “Pai Veí” e a esposa dele Maria Edileuza, o júri popular está acontecendo na 4ª Vara do Tribunal do Júri da Capital Pernambucana, ambos estão sendo acusados do assassinato do garoto Flânio da Silva Macêdo.
 A tia do garotinho identificada como sendo Laudemira Ribeiro, falou com nossa equipe de reportagem, e em suas palavras pediu que a justiça seja feita.

 “É, o que a gente pede é justiça, nesse momento, é difícil de novo, estamos revendo tudo de novo, mas simplesmente a palavra que nós temos, da família toda, é justiça, nós só queremos justiça e nada mais”, falou a tia do Flânio.

 Na oportunidade a Laudemira fala que está sendo muito difícil está presente nesse júri popular.

 “Tá sendo muito difícil né, tá sendo mexido tudo de novo, a gente está começando tudo de novo essa história, aí está sendo cada vez mais difícil para ela (mãe do garoto), porque a dor dela ninguém tira”, falou.

 Ainda falou que a mãe do Flânio não acredita que o mesmo tenha sido morto.

 “A última hora que eu tive com ela e conversei com ela, ela não acredita nessa morte ainda não”,relatou.

 Concluiu clamando mais uma vez por justiça.

 “Espero que a justiça seja correta, e de uma pena máxima para eles, para eles pagarem pelo que fez”, concluiu.

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.