terça-feira, 14 de janeiro de 2020

EX-PREFEITO DE RIACHO DIZ QUE FOI DEMITIDO DA FUSAM POR PERSEGUIÇÃO POLÍTICA



Ele faz oposição ao atual prefeito de Riacho, Mota que é do PSB. Dió Filho, que concorreu com Mota em 2016, é filho do ex-gestor e disputou a eleição contra Mota, perdendo por apenas 5 votos. Ele deve voltar a disputar a eleição em outubro. Mota ainda não oficializou quem será o candidato dele, já que vem no segundo mandato e não poderá disputar a reeleição. (Do Blog do Mário Flávio)

O ex-prefeito de Riacho das Almas, Dioclecio Rosendo, gravou um vídeo para as redes sociais no qual afirmou que foi demitido da maternidade Jesus Nazareno (Fusam) por motivações políticas. O médico não acusa quem teria motivado a saída dele, mas informou que seguirá atendendo no consultório particular. O atual diretor da maternidade é José Bezerra Bodocó, que assumiu recentemente as funções na principal maternidade pública do Agreste.

Ele faz oposição ao atual prefeito de Riacho, Mota que é do PSB. Dió Filho, que concorreu com Mota em 2016, é filho do ex-gestor e disputou a eleição contra Mota, perdendo por apenas 5 votos. Ele deve voltar a disputar a eleição em outubro. Mota ainda não oficializou quem será o candidato dele, já que vem no segundo mandato e não poderá disputar a reeleição. (Do Blog do Mário Flávio)

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.