sábado, 9 de maio de 2020

Auxílio emergencial parado na conta digital será devolvido ao governo


Dinheiro deve ser usado ou retirado da poupança em até 90 dias



Os beneficiários do auxílio emergencial de R$ 600 que não utilizarem o dinheiro em até 90 dias terão o recurso devolvido para o Tesouro Nacional. A regra é válida apenas para aqueles que tiveram a Poupança Social Digital criada para recebimento do benefício.

De acordo com o vice-presidente da Rede de Varejo da Caixa, Paulo Henrique Angelo, a devolução aos cofres públicos está prevista no decreto que criou o auxílio emergencial. Além de sacar o dinheiro em espécie, o beneficiário pode fazer uma transferência para outra conta ou realizar pagamentos através do aplicativo Caixa Tem.
Poupança Social Digital
A Poupança Social Digital é um tipo de poupança simplificada, aberta para beneficiários de programas governamentais. O limite de saldo e movimentação máxima mensal é de R$ 3 mil. Para as pessoas inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo (CadÚnico) que têm direito ao benefício e não têm conta na Caixa nem no Banco do Brasil, a abertura da poupança está sendo realizada automaticamente.

Já para os informais, autônomos e microempreendedores individuais (MEIs) cadastrados no site ou aplicativo do Auxílio Emergencial, a solicitação de abertura da poupança deve ser feita no momento do cadastro.

Para ter acesso ao auxílio, o beneficiário precisa baixar o aplicativo Caixa Tem e fazer um cadastro com o CPF, o email e outros dados pessoais. É preciso ainda criar uma senha. A partir do login no app, será possível ter acesso aos serviços.

Como movimentar o dinheiro
O beneficiário que teve o auxílio aprovado e receberá através da poupança digital já pode realizar o saque em espécie. Porém, antes de ir ao caixa eletrônico, lotérica ou correspondente Caixa Aqui, é preciso fazer a liberação do saque através do aplicativo Caixa Tem.

Para isto, é preciso fazer login no aplicativo, selecionar a opção "Saque sem cartão" e informar o valor a ser retirado. O aplicativo irá gerar um código autorizador para saque, com validade de duas horas, que é o tempo que o beneficiário terá para se deslocar até o caixa eletrônico, lotérica ou correspondente Caixa Aqui. O código deve ser utilizado no momento do saque. Não é necessário o uso de nenhum cartão.

Os serviços básicos gratuitos da Poupança Social Digital incluem a realização de dois saques por mês em terminal de autoatendimento e lotéricas pelo Saque Digital sem cartão; realização de três transferências por mês para conta de depósitos para outros bancos; realização ilimitada para contas Caixa; até dois extratos por mês com a movimentação dos últimos 30 dias; e a realização de consultas por meio digital, site ou apps da Caixa.

É possível ainda fazer pagamentos e transações com o uso do Cartão Virtual de Débito. Este cartão permite apenas compras pela internet ou em aplicativos que aceitem pagamentos com o cartão de débito da bandeira Elo.

O Cartão Virtual tem os mesmos dados de um cartão físico, de plástico. Porém, o Código de Segurança (de três números) é trocado a cada compra ou consulta, como forma de tornar o uso mais seguro. O cliente precisa consultar o código antes de cada transação. As compras são à vista e só podem ser feitas se houver saldo na Poupança Social Digital.

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.