quinta-feira, 14 de maio de 2020

Pernambuco confirma mais 687 casos e 74 mortes por Covid-19


Entre os casos confirmados nesta quinta, 329 são de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 358 são casos leves



A Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) confirmou 687 novos casos e mais 74 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas, período no qual foram liberados 1.235 diagnósticos. Com essa atualização, o Estado passar a contabilizar 15.588 casos e 1.298 óbitos.

Entre os casos confirmados nesta quinta-feira (14), 329 se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 358 são leves. Há ainda 372 óbitos com quadros suspeitos da Covid-19 aguardando diagnóstico laboratorial.

Graves
Dos 15.588 pacientes com diagnóstico laboratorial da Covid-19 em Pernambuco, 8.205 foram classificados como quadros graves e 7.383, leves. Entre os casos graves, 1.462 pessoas evoluíram bem, receberam alta hospitalar e concluem tratamento em isolamento domiciliar. Outros 2.693 estão internados, sendo 237 em UTI e 2.456 em leitos de enfermaria, tanto na rede pública quanto privada. Outras 2.752 pessoas conseguiram se curar após contraírem a Covid-19.

Até agora, esses casos graves diagnosticados estão distribuídos por 144 dos 185 municípios pernambucanos, além do Arquipélago de Fernando de Noronha e da ocorrência em pacientes de outros estados e países.

Óbitos
Nesta quinta, foram confirmados laboratorialmente mais 74 óbitos, sendo 38 homens e 36 mulheres, pessoas residentes nos municípios de Recife (28), Jaboatão dos Guararapes (10), Vitória de Santo Antão (5), Cabo de Santo Agostinho (3), João Alfredo (3), Olinda (2), Ipojuca (2), Moreno (2), Paudalho (2), Ribeirão (2), Paulista (1), Abreu e Lima (1), Água Preta (1), Barreiros (1), Bom Jardim (1), Caruaru (1), Gravatá (1), Itapissuma (1), Itaquitinga (1), Lagoa do Itaenga (1), Petrolina (1), São Bento do Una (1), São Lourenço da Mata (1), Serra Talhada (1) e Vicência (1).

Esses óbitos ocorreram entre os dias 15 de abril e 13 de maio. Os pacientes tinham idades entre 40 anos e 97 anos, além de uma criança do sexo masculino de sete meses, portador de leucemia - 0 a 9 (1), 40 a 49 (10), 50 a 59 (10), 60 a 69 (17), 70 a 79 (13), 80 ou mais (23).

Das 74 vítimas, 33 apresentavam comorbidades confirmadas: hipertensão (16), diabetes (14), doença cardiovascular (6), tabagismo/histórico de tabagismo (6), histórico/sequela de AVC (2), doença pulmonar obstrutiva crônica (2), doença de Alzheimer (2), histórico/sequela de AVE (1), etilismo/histórico de etilismo (1), HIV/Aids (1), esquizofrenia (1), asma (1), pneumonia (1), infecção do trato respiratório (1), tuberculose (1), insuficiência respiratória (1), infecção do trato urinário (1), demência avançada (1), doença arterial obstrutiva periférica (1), hipotireoidismo (1), obesidade (1), doença renal crônica (1) e leucemia (1). Cinco não tinham comorbidade e os demais estão em investigação pelos municípios.

Leitos
A rede hospitalar estadual tem, até esta quinta, 1.180 leitos destinados a pacientes com quadros suspeitos ou confirmados da Covid-19, sendo 551 de terapia intensiva e 629 enfermarias. A ocupação média é de 91%, com 96% de ocupação nas UTIs e 87% nas enfermarias.

Profissionais
Nas últimas 24 horas, 26 profissionais que atuam nos serviços relacionados à saúde no Estado, nos âmbitos público e privado, tiveram resultado positivo para infecção pelo Sars-Cov-2. Outros 29 exames tiveram diagnóstico negativo. Até o momento, 2.918 profissionais do setor já foram diagnosticados com a Covid-19, com mais de 20 óbitos. Os descartes são 1.874 e outras 741 amostras biológicas ainda aguardam processamento. No total, 5.533 profissionais já foram submetidos a exames após apresentarem sintomas de síndromes gripais.

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.