quinta-feira, 20 de dezembro de 2018

Etapa local da canonização de Dom Hélder Câmara é concluída e documentos são enviados ao Vaticano


Sessão de encerramento da fase diocesana aconteceu no Recife e, agora, documentos, testemunhos e análises sobre a vida do Dom da Paz seguem para Roma.





A primeira etapa do processo de beatificação e canonização de Dom Hélder Câmara foi concluída nesta quarta-feira (19). Em cerimônia realizada no Recife, foi encerrada a fase diocesana do processo e enviados para a Comissão da Causa dos Santos, no Vaticano, documentos, laudos, pareceres e testemunhos sobre a vida do bispo, conhecido como "Dom da Paz". (Veja vídeo acima)

A solenidade aconteceu na Cúria Metropolitana, no bairro das Graças, na Zona Norte. O Arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido, presidiu a cerimônia. (Confira no fim da reportagem o passo a passo do processo de beatificação e canonização pela Igreja Católica)

O evento marcou o envio dos documentos coletados ao longo dos quatro últimos anos pelo Tribunal Eclesiástico da aquidiocese e relatórios das comissões histórica e teológica. Ao todo, são 197 páginas que formam o dossiê sobre a vida, as virtudes e a fama de santidade do bispo candidato a santo. O postulador da causa foi o Frei Jociel Gomes.

Entre os documentos, há testemunhos de 54 pessoas que conheceram e conviveram com Dom Hélder. O relatório da comissão histórica apresenta seus escritos e documentos sobre as práticas e virtudes cristãs do bispo.
Pareceres da comissão teológica analisaram se esses escritos de Dom Hélder estão de acordo com os ensinamentos da Igreja e do Santo Evangelho. Há, ainda, informações sobre um possível milagre, mantido em sigilo pela Igreja, conforme as regras da Santa Sé.

"[O envio desses documentos] Significa uma vitória da arquidiocese, que pretende reconhecer aquilo que todos nós já sabemos: que Dom Hélder é um santo. Mas que a igreja precisa reconhecer isso oficialmente e colocá-lo como testemunho de vida para todos os fiéis", afirmou o postulador da causa, Frei Jociel Gomes.

Na próxima etapa, serão analisados e investigados pelo Vaticano todas as informações contidas no dossiê, incluindo a comprovação da realização de um milagre após a morte do candidato, critério para a beatificação.
"Vai ser nomeado um relator para acompanhar o caso de um milagre que seja reconhecido como algo inexplicável pela medicina ou pela ciência. Aqui nós estaremos acompanhando esse milagre, recolhendo toda a documentação, os laudos, a declaração dos médicos para depois enviarmos ao Vaticano", explicou o Frei.
A arquidiocese deve, ainda, proparar uma posítio, que é uma defesa mostrando um perfil biográfico de Dom Hélder e suas práticas de virtudes cristãs. Esse documento, segundo o Frei, vai ser avaliado por duas comissões vaticanas, que depois vão apresentar ao Papa, afim de que Dom Hélder seja declarado beato.
"Dom Hélder foi uma voz que se ergueu em favor dos pobres, na prática da justiça e da paz. Ele nos deixa esse testemunho e é por isso que nós o consideramos um santo: porque ele agiu de acordo com o ensinamento do senhor e buscou fazer aquilo que o papa francisco hoje tanto nos pede, ir ao encontro das diversas realidades, das periferias geográficas e existenciais", disse o postulador da causa.

Dom da Paz



Dom Hélder Câmara foi arcebispo de Olinda e Recife, bispo-auxiliar do Rio de Janeiro, membro atuante no Concíllio Vaticano II e um dos fundadores da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Ele ficou conhecido por defender os mais pobres, lutar pelos direitos humanos durante o regime militar brasileiro e por propor novos caminhos para a Igreja.

Conhecido também como “Irmão dos Pobres”, um dos legados do dom é a organização de mais de 500 comunidades eclesiais de base, que fortaleceram a atuação social da Igreja junto aos mais pobres. Ele foi indicado ao prêmio Nobel da Paz em 1972.

"Estamos vivendo tempos muitos difíceis e cada vez mais precisamos de referenciais. Dom Hélder foi um referencial na sua época. Nós precisamos de uma figura como Dom Hélder que nos inspire a como ele lutar em favor dos menos favorecidos, dos direitos das pessoas e tantas situações que estão aí e que precisam da nossa contribuição", afirmou o Frei Jociel Gomes.

O processo de beatificação e canonização de Dom Hélder foi aberto no dia 3 de maio de 2015. Graças alcançadas pela intercessão do bispo podem ser informadas ao postulador da causa, o Frei Jociel Gomes, através do e-mail causadomheldercamara@gmail.com, ou levado até a Cúria Arquidiocesana, no Recife.
"Os fiéis podem, de modo muito especial, rezar para que essa causa tenham um bom êxito e também se rezarem pedindo a intercessão dele e alcançarem uma graça ou tiverem um milagre nos procure, proque isso é muito importante para o desenrolar do processo", afirma o frei.

Processo de Beatificação e Canonização



O processo para se tornar santo pela Igreja Católica só pode ter início após a morte do candidato e deve cumprir algumas etapas: confirmação das virtudes heroicas (em fases diocesana e romana); beatificação e canonização. Para as duas útimas, é necessário a comprovação de milagres. Confira o passo a passo:

Fases do Processo de Beatificação e Canonização
Abertura do processo Qualquer pessoa física ou jurídica pode solicitar a abertura do processo de beatificação e canonização ao bispo do local em que o candidato a santo morreu. Para cada causa, é escolhido pelo bispo um postulador, que investiga a vida do candidato para conhecer sua fama de santidade. Quando se inicia o Processo, depois de ter recebido a autorização da Santa Sé, o candidato torna-se "Servo de Deus".
Investigação das virtudes Após recolher dossiê sobre o candidato, o bispo local dá entrada com a documentação na Congregação para as Causas dos Santos, no Vaticano, onde começam a investigação das virtudes. O objetivo é passar ileso pela análise de comportamento durante a vida. Se o candidato viveu de forma exemplar, é declarado venerável. No caso de martírio, aqueles que morrem por causa da fé, a morte do candidato é analisada para comprovação.
Exigência de um milagre Para seguir o Processo, a Congregação das Causas dos Santos exige que o candidato a santo tenha operado um milagre e que este seja comprovado. Uma investigação é aberta no local onde o milagre ocorreu e os resultados são enviados à Roma. Em caso de confirmação, o milagreiro é declarado "Beato" e pode ser cultuado na região em que já tem fama de santidade. Mártires, por sua vez, são dispensados do milagre e seguem automaticamente para a canonização.
Prova de mais um milagre Na última fase, é preciso provar outro milagre. Esse precisa ser a resposta de uma oração feita por um fiel ao candidato morto e não uma ação em vida. Vencida a etapa, o santo é apresentado pelo Papa para o culto da Igreja mundial. É necessário confirmar inclusive a real existência do candidato a santo. Para isso, uma exumação do corpo é solicitada.
Fonte: Arquidiocese de Olinda e Recife


Conheça algumas frases marcantes de Dom Hélder Câmara:


"Olhei o mais que pude os rostos dos pobres, gastos pela fome, esmagados pelas humilhações, e neles descobri teu rosto, Cristo Ressuscitado!"
"Ótimo que a tua mão ajude o voo... Mas que ela jamais se atreva a tomar o lugar das asas..."
"É graça divina começar bem. Graça maior persistir na caminhada certa. Mas graça das graças é não desistir nunca."
"Feliz de quem entende que é preciso mudar muito pra ser sempre o mesmo."
"Um dos meus anseios de chegar ao infinito é a esperança de que, ao menos lá, as paralelas se encontrem."
"Se discordas de mim, tu me enriqueces."
"Deus nos ensinou a não aceitar facilidades, mas a encontrar vida na dureza da cruz."
"O segredo da eterna juventude é ter uma causa a que dedicar a vida."
"As pessoas são pesadas demais para serem levadas nos ombros. Levo-as no coração."
"Quando dou comida aos pobres, me chamam de santo. Quando pergunto porque eles são pobres, chamam-me de comunista."
"Quando os problemas se tornam absurdos, os desafios se tornam apaixonantes."
"Sempre que procura defender os sem-vez e sem-voz, a Igreja é acusada de fazer política."
"Não me dou a penitências. Com todo respeito que me merecem os santos, não sou homem de autoflagelações... Não há penitência melhor do que aquela que Deus coloca em nosso caminho."
"Feliz de quem atravessa a vida inteira tendo mil razões para viver."
"A melhor maneira de ajudar os outros é provar-lhes que eles são capazes de pensar"
"Há criaturas como a cana: mesmo postas na moenda, esmagadas de todo, reduzidas a bagaço, só sabem dar doçura."

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.