sexta-feira, 4 de janeiro de 2019

Halo solar é registrado por internautas no céu de Vertentes


Ângulo do observador influencia na visualização do fenômeno que representa a proximidade de chuvas, pelo aumento da umidade.




Internautas em Vertentes registraram nesta sexta-feira (04) círculos coloridos ao redor do sol. O ‘halo solar’ ou fotometeoro, como é mais conhecido o fenômeno é incomum e foi registrado nesta sexta-feira na cidade de Vertentes, no agreste Pernambuco. Em geral, o halo solar representa momentos de umidade elevada para a região em que aparece.

Segundo o geógrafo e climatologista, Werton Costa, trata-se de um fotometeoro, por ser um fenômeno que envolve a difusão da luz. “O halo é chamado de fotometeoro. Um fenômeno provocado pela luz do sol que simula um arco-íris. Não se vê um arco-íris, mas um anel”, conta o climatologista lembrando que halo em grego, significa anel. Ele conta ainda que trata-se de um anel que reproduz as cores do arco-íris. “A luz branca do sol libera todos os espectros luminosos”, pontuou o especialista.
O fenômeno se dá a partir do momento que o sol atravessa nuvens cirrus. “As nuvens cirrus provocam o halo. São nuvens altas, de altitude superior a 10 mil quilômetros e elas são formadas essencialmente por cristais de gelo”, comentou Werton Costa acrescentando que como cristais estas nuvens atuam na fragmentação da luz solar. A quebra resulta na formação do halo em volta do sol.



Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.