quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

Receita Federal apreende lança-perfumes e objetos falsificados enviados pelos Correios


Drogas ilícitas, anabolizantes, celulares e relógios foram apreendidos no Centro de Tratamento de Encomendas dos Correios no Recife, durante ação finalizada nesta terça (29).




Uma fiscalização da Receita Federal no Centro de Tratamento de Encomendas dos Correios no Recife, no bairro de San Martin, na Zona Oeste da capital, resultou na apreensão de drogas ilícitas, 30 frascos de lança-perfume, anabolizantes e objetos falsificados, como celulares e relógios. A ação iniciada na quinta (24) foi finalizada nesta terça (29).

As mercadorias apreendidas tinham como destino, além de Pernambuco, os estados de Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte. A fiscalização foi intensificada pela Receita Federal por conta da aproximação com o carnaval.

Dos 1.048 objetos que passaram, durante o período da fiscalização, pelo scanner que identifica o conteúdo das embalagens, cerca de 100 foram abertos. Com exceção do lança-perfume, a quantidade dos demais itens apreendidos não foi divulgada pela Receita Federal.

Segundo o auditor fiscal Gustavo Macedo, os remetentes eram de vários estados brasileiros e a maioria das postagens foram encaminhadas das regiões Sul e Sudeste. Eles têm 30 dias para esclarecer e comprovar a regularidade da importação dos bens, exceto entorpecentes.

Caso não façam, são abertos processos administrativos que culminam em uma representação fiscal para fins penais. Os processos são encaminhados para o Ministério Público Federal, que decide se irá mover a ação penal.

Os bens que não sofreram adulteração são leiloados, segundo a Receita. No caso das drogas, a Polícia Federal fica responsável pela destruição dos entorpecentes, ficando a cargo da corporação a abertura de inquérito tanto para remetentes quanto para destinatários.

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.