segunda-feira, 26 de agosto de 2019

Preso grupo suspeito de roubar carros no Recife e Região Metropolitana


A operação, que teve início em março deste ano, apreendeu 13 veículos



Através de 4 flagrantes e 6 mandados, 10 pessoas foram presas na última quinta (22) e sexta-feira (23) durante a deflagração da Operação Repressão Qualificada (ORQ), denominada ‘Persecução’. Desde março deste ano, a Polícia Civil de Pernambuco, através do Pacto Pela Vida, em conjunto com a Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos prendeu 15 pessoas e apreendeu veículos, drogas, documentos e uma submetralhadora.

Segundo o Delegado Derivaldo Falcão, titular da delegacia, a quadrilha agia de forma organizada com divisão de tarefas, atuando na Região Metropolitana e também com ramificações no interior de Pernambuco. “O grupo era dividido e tinha o foco no roubo de veículos, adulteração de documentos para a futura venda dos carros para terceiros ou para utilização da chamada ‘moeda de troca’ com traficantes, explica. Além disso, a Polícia Civil ainda informou que a organização criminosa estava envolvida com tráfico de drogas e possíveis assaltos a banco. 

Dentre as apreensões se encontram uma submetralhadora de calibre 40, coletes, toucas ninjas, ferramentas, placas clonadas, documentos veiculares em branco e falsificados, carros e 9,8 quilos de crack. A droga está no Instituto de Criminalística para análise, enquanto a arma será objeto de perícia, já que a numeração foi suprimida pelos criminosos. 

Os carros, que eram roubados na capital do Estado, seguiam para outra divisão da quadrilha que era responsável pela falsificação da placa e dos documentos para que o veículo fosse vendido. Inicialmente, oito automóveis foram apreendidos, fazendo parte de um flagrante, sendo mais quatro encontrados na última quinta e sexta, com um deles já pronto para o repasse comercial. Apenas nesses dois dias 10 pessoas foram presas. 

Criminosos 
Na operação da quinta e sexta-feira, foram encontradas máscaras, uma balança de precisão, três balaclavas, duas placas de carro, drogas e a submetralhadora com Jobson Wanuty da Silva, 31, conhecido como “Buiu” em São Lourenço da Mata. Ele já possui antecedentes criminais por tráfico de drogas, porte de arma de fogo e associação criminosa. 

Willyan de Barros Rocha Ferreira, 22, foi autuado em flagrante delito por tráfico e porte ilegal de arma de fogo, assim como Saulo Vinicius Alves da Silva, de 19 anos. Jose Alexandre Rodrigues da Silva, 37, conhecido por "Sandro" foi autuado em flagrante por receptação, uso de documento falso, adulteração de sinal identificador e associação criminosa. Conhecido por "Pastel", Ernane Cosmo de Lima, 40, foi também foi preso em flagrante. 

Os mandados de prisão foram emitidos para Rafael Souza da Silva, 25; José Vinicius Vicente, também de 25 anos e Luan Márcio da Silva, 27. 

Duilyo Barros de Moura, 26, também teve mandado de prisão emitido e possui antecedentes de receptação, porte de arma de fogo e associação criminosa. Gilson Cicinio Ximenes, 47, possui antecedente por tráfico de drogas e possuía um mandado de prisão. Ele foi autuado em flagrante e era um dos responsáveis pela adulteração dos documentos dos veículos roubados. 

Essa é a 70ª operação deflagrada este ano pela Polícia Civil, que envolveu 80 policiais entre delegados, agentes e escrivães.

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.