quinta-feira, 3 de outubro de 2019

Confira o resumo de mais uma reunião ordinária da Câmara Municipal de Toritama-PE



Arimatea: E m sua fala fez constar em ata um voto de pesar pelo falecimento da amiga e eleitora Josineide Maria esposa de Roberval. Fez votos de parabéns aos organizadores do Toritama MotoFest pelo sucesso do evento. Pois a cidade se tornou o centro das atenções na região. Falou que o evento movimentou de forma significativa o comércio de Toritama. Enalteceu a organização e união de todos os grupos de motociclistas que perticiparam do evento. E fechou sua fala mostrando que cada administração deve aproveitar cada profissional que desenvolve bons e relevantes trabalhos e serviços devem ser aproveitados em toda e qualquer administração. Só assim a cidade cresce e se fortalece. E citou nomes de pessoas que estão nessa gestão e que vem de outras gestões e que ainda hoje fazem seus serviços e desenvolve seu trabalho.

Morica: Iniciou a sua fala parabenizando todos os vereadores pelo seu dia. Enalteceu o papel do vereador no dia a dia. Falou das ações, da luta, as dificuldades e a satisfação de poder ajudar o povo. E deu exemplos de algumas ações de um parlamentar ddentro e fora da câmara municipal. Conscientizou a população do número de pessoas que um vereador ajuda, além de seu papel de legislador. Disse que ser vereador é dom, pois não tem dia e nem hora pra ajudar a população. Ser vereador é dar a cara a tapa. Disse que é político mais próximo do povo e ver e sente a dor do povo. Também fez votos de aplauso aos organizadores do MotoFest e se disse orgulhoso por ter de alguma forma ajudado o evento a acontecer. E chamou de um dos grandes eventos do município de Toritama. Disse que esse tipo de evento só engrandece a nossa cidade, nosso povo e nossa história. Disse que o evento deve continuar na agenda de eventos da nossa cidade. Fez menção a prefeitura de Toritama com o apoio e parceria. Disse que, quando se unem e juntam-se as forças, tudo fica mais fácil e acontece com sucesso. Com união e boa vontade tudo é mais fácil.

Ferrerinha: Iniciou sua façla reafirmando seu compromisso e lealdade a família toritamense. Disse que seu compromisso é trabalhar pela população em busca de obras, serviços e ações que sejam para o bem da população. Fez votos de aplausos e agradecimentos a prefeitura em nome da secretaria de obras por atender seus pedidos e citu os mesmos. Falou das reuniões com o prefeito e o resultado é de ser atendido em tudo que é pedido. Mandou um recado para as comunidades que ainda não foi possível ser feito os serviços, mas que em breve acontecerá, pois o prefeito prometeu lhe atender. Disse que este tem sido o resultado do seu compromisso com o povo. muito trabalho em prol da população.

Doutor do São João: Iniciou parabenizando todos os que fazem parte do Dark Angel pelo sucesso do evento Toritama Motofest. Falou de seu projeto de incluir no calendário comemorativo, as comemorações no "Dia do Trabalhador". Ele citou por ser uma cidade de muito trabalho, deve-se ter um dia comemorativo, com ações pra população. Disse que a data existe, mas não é comemorada como se deve e foi pensando nisso que o mesmo apresentou tal projeto. E disse que espera ser aceitopela casa e acatado pelo executivo. Segundo o vereador por ser uma cidade de várias modalidades de trabalho, nada melhor do que uma comemoração especial no dia do trabalhador. Falou de suas visitas aos bairros e as idéias que a população tem dado ao mesmo. Citou alguns exemplos de ações e serviços que podem ser feitos nas localidades pra deixar a população atendida em seu anseio.

Rossana: Fez menção ao trabalho realizado pela diretoria da mulher que é liderada por sua filha Heloísa. Fez votos de aplauso ao amigo Carcará que atualçmente está no Rio Grande do Norte. Fez votos de aplauso para os professores e alunos do Colégio Rui Barbosa que foram selecionados para participarem de cursos profissionalizantes. Fez votos de aplauso para os radialistas pelo seu dia e em nome de Fernando Lima, hoje em memória. Fez votos de pesar pelo falecimentos das pessoas que perderam seus entyres queridos. Fez menção as eleições do Conselho Tutelar que acontecerá no próximo domingo. E pediu pra que as pessoas façam a sua parte, vá e vote. E falou da importância de se votar no conselho tutelar. Disse que se sentiu honrada com uma matéria que viu na TV sobre o papel do vereador e a sua importância para a cidade. Disse que ser vereador é sorrir e chorar com a população. O vereador é fundamental para o desenvolvimento da cidade. E pediu para que a população acompanhasse de perto cada ação e cada trabalho realizado e que no ano que vem votem em quem trabalho e serviço prestado a nossa população. Disse que há mais de vinte anos que a mesma tem contribuído para o desenvolvimento da cidade de Toritama. E fechou dizendo que ser vereador é um sacerdócio.

Birino: Falou da Lei 09 de 2018 que há colocações que serão prejudiciais para a população e que a câmara atendendo o pedido do executivo não percebeu que da forma que está pode prejudicar a nossa população. Deu resposta ao funcionário público conhecido como "Pêpeu" que vá cuidar da sua vida, e deixe de lhe perseguir tentando caluniar o vereador pelas ruas e principalmente nas redes sociais. E fez menção a algumas declarações feitas pelo funcionário. (Que estava na casa legislativa no horário de trabalho). E pediu ao prefeito e o vice que tome providências quanto ao mesmo, pois irá abriri sindicância para saber qual é a real função do nobre funcionário. Pois o mesmo tem levado o tempo a ficar na casa legislativa tentando atacar de forma perseguitiva os vereadores de oposição, em especial ao próprio Birino.

Dió: Fez pedido de passagem da máquina nas estradas vicinais e nas ruas sem pavimentação. Voltou a falar do horário das feiras nesse período de final de ano. E pediu ao secretário de desenvovimento economico esclarecimentos quanto a mudança do horário para o sábado a noite. Disse que tem faltado mais diálogo entre o secretário e os vereadores. E citou as dificuldades de se entender essa mudança do horário e as complicações que trará para os feirantes. Mostrou-se preocupado com essas mudanças de horários e que isso pode acarretar em prejuízo para o nosso comércio. Reclamou da forma bruta que os seguranças tem tratado com os que fazem a feira. E disse que já que antecipou para o sábado á noite, deveria trazer para as oito horas da manhã pra abriri junto com o Parque das Feiras. E pediu providências e que o secretário ouça os vereadores.

Derivaldo: Fez votos de aplausos ao cidadão José Aurélio por ser mais uma vez tema de matéria jornalistica e principalmente ao último documentário falando de sua paixão pelo cinema. Fez votos de aplausos a secretaria de saúde pelos serviços prestados e as campanhas que são realizadas com sucesso na cidade e no município.E fez menção as comemorações neste mês em conscientização da população em especial as mulheres. Falou do dia do Vereador, as suas lutas, seus desafios, as dificuldades, mas também o prazer de cuidar das pessoas. Disse ser aberto as criticas e aos elógios, mas que vê algumas criticas como infelizes por ver pessoas que não conhece bem o dia a dia de um vereador e fazem colocações que maxucam os vereadores, mas a maior parte por não ter conhecimento do que é ser um vereador além das funções no legislativo. Fez menção das dificuldades que o mesmo tem assistido em suas idas as unidades de saúde e pediu ao governo do estado uma atenção maior pra essa área. E se disse tranquilo em seu trabalho.

Edijan: Pediu ao prefeito que agilize as ações nas localidades que ainda não receberam atenção da prefeitura. Disse que tem cobrado e que tem esperança de ser atendido pelo prefeito em tempo hábil. Reclamou que o vereador líder da oposição quando ataca um funcionário publico por estar ali acompanhando a reunião da casa legislativa. Voltou a cobrar explicações sobre as diárias que são tiradas na casa legislativa. E disse que já foi tirado 40 mil reais em diária e pediu explicações. Segundo ele, foram tiradas diárias que não são pra trabalho do parlamentar.

Loló: Disse que a plenária está parecendo um ringue,pois há vereador que está trazendo assunto pessoal e não legislando em prol do povo. Disse que é inadimissível funcionário publico ir a casa só pra atrapalhar os trabalhos dos vereadores e pediu a presidência providências quanto a isso. Chamou de chato e triste essa realidade. E disse que o povo quer ouvir o vereador brigando e lutando pelas melhorias da cidade. O povo não quer saber da vida pessoal de ninguém, mas sim, a luta de cada um pra atender o povo. Pediu ao presidente da casa legislativo que tome providência e que ponha um fim nisso. E que a população merece ouvir o que interessa e não as brigas pessoais. Disse que há uma pessoa pra buscar num hospital, mas não vai pegar uma diária não. E se fosse rico não pegaria diária pra fazer suas coisas. Desafiou as autoridades a lhe proibir a ajudar as pessoas. Disse que houve das pessoas que os vereadores não podem baixar a cabeça pra o prefeito não. E que, quem bota e tira vereador é a população e não prefeito,não. E se disse ciênte de suas ações.

Eduardo da Saúde: Fez menção honrosa ao material jornalistico com o cidadão José Aurélio destacando a sua paixão pelo cinema. Falou da falta do aparelho de ultrasonografia para atender a nossa população. Falou de sua ida a Secretaria Estadual de Saúde, quanto as informações sobre a vacinação contra o sarampo em nossa população. E disse que houve uma reunião com as secretarias das cidades que compõem o polo das confecções, para que fosse feito um balanço da situação, mas que Toritama não entregou a tempo de receber já nessa primeira etapa da vacinação. E pediu que fosse feito o relatório e mande o quanto antes, pra que a cidade possa receber as vacinas para imunizar os nossos feirantes em especial. E que até a data que o mesmo esteve lá na secretaria de saúde do estado, não havia chegado o relatório. E afirmou que há (segundo a secretaria de saúde) um caso de sarampo confirmado. Citou que Toritama perdeu um equipamento importante para manutenção das vacinas. E disse que está havendo falhas na atual gestão no que se refere a pasta de saúde. Disse que por este motivo a cidade está sujeita a perca de verbas. Os programas não estão sendo alimentados no tempo hábil e com isso o município tem perdido de ganhar muita coisa. Padiu para que os postos de saúde sejam informatizados e isso pode acarretar prejuízos a nossa população. E citou a perda de uma Câmara Fria. Reclamou da desativação da ambulância antiga, trouxe prejuízo, pois cada vez que a ambulância que tá na ativa precisa ir pra manutenção, teria outra reserva, mas que a prefeitura achou por bem desativar e abandonar a ambulância a antiga. Que até a chegada da nova, a outra estava prestando seus relevantes serviços. E que recebeu a notícia do real motivo da desativação da ambulância antiga. Mas sentiu a falta de manutenção da mesma e que após a sua desativação deveria ter sido cuidada, revisada e colocada em alguma comunidade para servir a nossa população e não ser abandonada ao relento como está e pediu providencia. Pode ser que agora depois de tanto tempo desativada a ambulância anterior não sirva mais.
Mas dizer que a mesma não tinha mais condições é no mínimo estranho e contraditório. Se a mesma estava funcionando perfeitamente até o dia da entrega da nova. E deixaram se acabar ao ponto de não utilizar nem pra ambulância comum, já que mesmo com a frota renovada, é notório que se precisa de mais ambulâncias.

Birino: Falou dos descasos das lavanderias em não tomar conta do leito do Capibaribe. E que boa parte das denuncias feitas contra as lavanderias vieram da que se dizia a única lavanderia regularizada, mas que na verdade era uma vontade de ter o monopólio do setor e de tirar o foco das fiscalizações. Citou sem citar nomes. Falou que tem a ampla consciência de que não tem realizado farras de diárias, como foi citado pelo líder do governo. E citou os reais motivos de suas idas as entidades e autoridades para fazer denúncias e pedir explicações quanto algumas ações do governo municipal. Disse que diferente do líder do governo que nada faz, a não ser parabenizar o governo. Disse que o mesmo por ser bem economicamente, não faz uso das diárias que lhe tem direito, por não querer e por não ter serviços prestados a população. Falou de suas cobranças e fiscalizações (com base no plano diretor e nas leis aprovadas na casa legislativa). E citou o que ele chama de irregularidades em algumas ações e obras. E fechou sua fala dizendo que o governo tenta travar ele com criticas, perseguição e ameaças, mas não terão sucesso, pois o seu trabalho continua.


Edijan: Rebateu as críticas feitas pelo líder da oposição dizendo que o mesmo por ser rico, não precisa trabalhar pela população. Disse que o real motivo de sua ida a câmara é pra legislar em prol da população e citou suas reivindicações como o posto do Corpo de Bombeiros, calçamentos e pavimentações de ruas, equipagem do hospital entre outros. Rebateu as críticas feitas por um pré-candidato que criticou a câmara por ser conivente com o governo na aquisição do empréstimo para a requalificação da feira. Disse que diferente das críticas feitas pelos vereadores e pré-candidato, o seu trabalho é reconhecido pela população. Disse que o povo o julgará nas eleições do ano que vem. E citou que, enquanto a oposição critica, ele tem trabalhado ao lado do prefeito para que as obras aconteçam na cidade. Voltou a criticar os demais vereadores pela tiragem das diárias. E disse que tanto ele, quanto a promotoria estão de olho. Desafiou eles a tirarem diárias pra irem pra congressos agora, pois o Ministério Publico está de olho. Voltou a falar das conquistas no transporte escolar climatizado, as escolas com uma nova estrutura e outras construídas. Disse que está com a sua consciência tranquila. Voltou a dar a resposta ao pré-candidato a prefeito pelo PRB, dizendo que o mesmo quando era vereador deu sustentação a um governo que fechou o hospital, deixou a cidade abandonada e a população sem os serviços essenciais. Disse que o povo o conhece, sabe de sua história e seu compromisso ao povo de Toritama. Se disse orgulhoso por fazer partde do governo que é o melhor do Brasil. Disse que lamenta que haja pessoas que não aceita quem trabalha pelo bem de Toritama. E fechou sua fala dizendo que na próxima reunião mostrará quem é cada um e que dará nomes de quem está usufruindo de diárias.



Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.