sexta-feira, 18 de outubro de 2019

Operação recolhe 1,2 mil litros de óleo no litoral de Pernambuco


Governo conseguiu coletar grande parte do óleo antes de o material chegar à areia da praia de São José da Coroa Grande



Cerca de 1,2 mil litros do óleo que começou a aparecer na costa do Nordeste em setembro foram recolhidos do litoral de Pernambuco em uma operação realizada nessa quinta-feira (17) pelo Governo do Estado e órgãos ambientais. Na manhã desta sexta-feira (18), a Secretaria Estadual de Meio Ambiente confirmou o aparecimento de manchas na Praia dos Carneiros, em Tamandaré.

Além disso foi confirmada a presença de uma mancha de aproximadamente um metro de diâmetro na foz do Rio Una, no município de São José da Coroa Grande, perto da divisa com Alagoas. As praias de Pernambuco foram poluídas pelo material no início de setembro. Desde então, não havia novos registros no Estado.

O governo pernambucano utilizou helicóptero e embarcações para detectar que o material se deslocava para o Estado e conseguiu coletar grande parte do óleo antes de o material chegar à areia da praia de São José da Coroa Grande. Um plano emergencial com instalação de boias de contenção foi ativado. O local atingido faz parte da área de preservação ambiental Costa dos Corais.

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara, afirmou que é fundamental que o governo federal descubra a origem do problema para que novas contaminações não voltem a acontecer. "A estratégia montada obteve bons resultados. Conseguimos localizar a maior parte das manchas antes de elas atingirem a faixa de areia e foi recolhida pouco mais de uma tonelada do material", explicou.

Ainda segundo o governo, a partir desta sexta-feira (18) fica instituída uma Sala de Situação no Palácio do Campo das Princesas, no Centro do Recife, para monitorar as manchas de óleo no Estado. Fazem parte do comitê representantes das Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Estado, da Defesa Civil e da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH). Os trabalhos devem contar com cerca de 200 pessoas.

Nordeste
Nesta quarta-feira (16), uma grande mancha chegou até Japaratinga, litoral norte de Alagoas. O material também afetou a cidade de Porto de Pedras. No local, há um projeto de proteção de algumas espécies de peixe-boi. Na manhã de quinta-feira, o óleo atingiu as praias de Ondina e a região do Farol da Barra, em Salvador, no limite da entrada da baía de Todos-os-Santos. Pequenas pelotas do material foram identificadas nas duas praias, que ficam em regiões de grande interesse turístico e junto a um dos principais circuitos do Carnaval.

Em todo o Nordeste, há ao menos 178 locais e 72 municípios em nove estados atingidos.

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.