sexta-feira, 18 de outubro de 2019

Dia D da vacinação contra o sarampo acontece neste sábado


O mutirão faz parte da primeira fase da campanha, ou seja, é voltado para crianças que têm entre seis meses e 4 anos, 11 meses e 29 dias

A Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo, que começou a ser executada no último dia 7 de outubro em todos os postos de saúde do Brasil, chega ao seu ápice no próximo sábado (19) com o “Dia D” da vacinação. A primeira fase da campanha abrange as crianças que têm entre seis meses e 4 anos, 11 meses e 29 dias, que poderão ser vacinadas nas unidades de saúde das redes pública e estadual, que ficarão abertas no sábado em horário especial.

Neste sábado, a vacinação será voltada exclusivamente para crianças da faixa etária definida pelo Ministério da Saúde que ainda não completaram o ciclo da tríplice viral (duas doses) ou não têm comprovação de terem recebido as duas doses da vacina. A primeira fase da campanha continua até o próximo dia 25 de outubro. Para vacinar a criança, é preciso que o responsável leve o cartão de vacinação.

Leia também:
Postos de saúde abrem neste sábado para vacinação contra o sarampo
Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo começa segunda
Começa vacinação contra sarampo para crianças menores de 5 anos

Em Pernambuco, cerca de 2.500 unidades de vacinação espalhadas por todos os municípios do estado devem funcionar em em horário especial neste sábado. De acordo com o secretário de saúde André Longo, uma quantidade considerável de crianças ainda deve ser vacinadas no estado.

“Temos o vírus em circulação em Pernambuco e a única forma de evitar que essa doença se espalhe ainda mais é através da vacinação”, alerta o secretário. Longo ainda ressalta a importância de ignorar as notícias falsas que influenciam alguns responsáveis a não vacinar as crianças:

“É uma faixa etária frágil, que depende muito dos responsáveis e tem o direito de receberem a vacina gratuitamente. Por isso, é importante que os pais e mães não caiam em fake news, a vacinação é segura e só ela protege com eficiência”.

No Recife, cerca de 150 unidades estarão abertas das 8h às 17h neste sábado. Segundo a coordenadora do Programa de Imunização do Recife (PNI), Elizabeth Azoubel, a cobertura vacinal na capital pernambucana está abaixo da meta estabelecida pelo Ministério da Saúde que é de 95% do público alvo. Em 2019, a cobertura da primeira dose está em 92% e da segunda em 70%. “Esperamos nos aproximar da meta com essa campanha. É importante que os responsáveis levem as crianças para tomar as duas doses, o que, por vezes, não acontece”, diz a coordenadora.

O propagandista Vítor Duarte levou o filho Pedro, de um ano e cinco meses de idade, para tomar a primeira dose da vacina. O pai, que reconhece a importância da campanha de vacinação, afirma que "a ideia era ter trazido antes, mas ainda é tempo". "A gente sempre acompanha o cartão de vacinação dele para que ele não fique desassistido. É importante que todos os responsáveis tragam as crianças para que o combate ao sarampo seja mais eficiente", afirma Vítor.

Toda criança entre 6 meses e 11 meses deve ser vacinada com a tríplice viral, considerada a "dose zero". Uma nova dose deve ser feita aos 12 meses e outra aos 15 meses, quando o esquema é finalizado. A partir dos 2 anos, caso o menino ou menina ainda não tenha começado o esquema vacinal, as duas doses devem ser feitas com um intervalo de um mês entre elas.

A segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo, que terá início no dia 18 de novembro, será voltada para a vacinação de adultos com faixa etária entre 20 e 29 que não estão com a carteira de imunização em dia.

De acordo com um boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), até o último dia 5 de outubro, foram confirmados 56 casos de sarampo no estado entre 867 casos suspeitos. Entre os 867 casos, 292 foram descartados e 519 continuam sendo acompanhados.

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.