sexta-feira, 29 de novembro de 2019

Antecipação da 'Black Friday' atrai consumidores no Recife


A boa expectativa com relação às vendas se deve tanto á primeira parcela do 13º salário, quanto a liberação antecipada de parte do FGTS

Black Friday

Era de se esperar muito barulho. Apesar de ainda não ser sexta-feira, nesta quinta foi a abertura da “Black Friday” em algumas lojas do Recife. A natural confusão, no entanto, impedia qualquer um de ouvir qual a promoção estava prestes a ser anunciada. Havia esforço do vendedor ao microfone. Elevar a voz não adiantava tanto. Não bastou, inclusive, subir na pilha de dez televisores, de 55 polegadas e resolução 4K, cada.

E, de verdade, o que era dito parecia também não interessar muito ao público. “Eu vou querer, filha... Não sei quanto custa, mas essa é minha. Sei nem se essa marca é boa. Vou levar”, falou a dona de casa Maria de Lourdes, 43 anos, sem deixar a mão escorregar da televisão. A cena não foi única, e se repetiu seguidas vezes, durante à noite, com os mais variados aparelhos eletrônicos disponíveis no estoque.



“Este é o quarto ano que estamos com essa prática. No início, era apenas no dia. Na própria sexta. Abríamos mais cedo. Depois de um tempo, percebemos que estávamos privando alguns consumidores de aproveitar a Black Friday. Pessoas que tinham compromissos após o trabalho e não conseguia passar nas lojas. Foi quando começamos a antecipar, e o consumidor aceitou muito bem isso”, contou o gerente regional das Lojas Extra, Alexandre Costa. “A partir do momento que passamos a dar mais condições e possibilidades ao consumidor aderirem às ofertas, o retorno é maior. Nós antecipamos, em média, 30% da venda no total ao antecipar o evento”, completou.
A boa expectativa com relação às vendas é justificada por outros fatores também. Além da primeira parcela do 13º salário, que será antecipado oficialmente nesta sexta-feira, muitos consumidores estão apostando na liberação de parte do FGTS, através do programa “Saque Certo”, do Governo Federal. “Eu quis garantir minha televisão porque fiz aniversário recentemente. Foi um auto-presente (Risos). Reservei os R$ 500 reais do FGTS para me ajudar a conseguir ela”, afirmou Maria Lourdes, ainda na dúvida sobre a marca da recém-adquirida televisão. “Não dá pra desperdiçar promoções”, justificou.
Outras redes de supermercados divulgaram o planejamento para a sexta-feira de promoções. 

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.