segunda-feira, 11 de novembro de 2019

Audiência revela faces da violência em Caruaru



Com transparência, diálogo e busca por soluções, foi realizada a audiência pública sobre o ‘Diagnóstico da Segurança Pública em Caruaru e região’. A audiência foi promovida pela Frente Parlamentar de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de Pernambuco, coordenada pelo deputado estadual Delegado Erick Lessa, e aconteceu nesta sexta-feira, 08, no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas de Caruaru (CDL). As faces da violência foram apresentadas durante o evento, mostrando a baixa redução do número de homicídios e o aumento da violência contra a mulher. Na audiência, o deputado Erick Lessa sinalizou que destinará recursos para a área de segurança no município.

Na ocasião, o deputado Erick Lessa apresentou dados acerca dos índices de violência na região. Foi constatada uma significativa redução na taxa de homicídios no Agreste Central, mas que se encontra ‘tímida’ no que diz respeito a Caruaru. Segundo a Secretaria de Defesa Social (SDS), em 2018 Caruaru registrou 169 homicídios; em 2019, o número é superior a 140. “Ações do Governo do Estado, como a implementação do 1º BIEsp (Batalhão Integrado Especializado), trouxeram uma maior sensação de segurança à população. Porém, é preciso aumentar o índice de redução da criminalidade”, observou Lessa.

O deputado ainda demonstrou preocupação com o aumento da violência contra a mulher. Os indicadores de crimes desta natureza em Caruaru aumentam a cada ano. Ele anunciou que destinará recursos, através de emenda parlamentar, para a Delegacia da Mulher de Caruaru, com o intuito de aprimorar a estrutura da unidade e melhorar os serviços. “O trabalho para com as mulheres vítimas de violência exige cuidados específicos. Com os recursos que serão destinados, as mulheres de Caruaru terão mais segurança e garantia de direitos”, adiantou Lessa, declarando que a publicação detalhada ocorrerá no Diário Oficial do estado nos próximos dias.

Ele também verificou que a cidade tem atraído a ação de criminosos de outros municípios e até mesmo de outros estados. Lessa citou o fato de suspeitos de roubar o carro-forte no Aeroporto de Viracopos, em Campinas-SP, terem sido presos em Caruaru recentemente. “Nossa cidade não pode se tornar um ponto de apoio para criminosos, mas um local de segurança, cidadania, paz e justiça social para todos”, disse.

O secretário executivo de Defesa Social, Humberto Freire, elencou diversos trabalhos desenvolvidos pela pasta com foco na região Agreste. Entre eles, o secretário mencionou a possibilidade de atuação permanente do Grupo Tático Aéreo no Aeródromo Oscar Laranjeiras, e salientou a Operação Têxtil, lançada na quinta-feira 07 em Santa Cruz do Capibaribe, como formas de proteger os cidadãos. Freire também elogiou as atividades de prevenção à violência, a exemplo da Patrulha Escolar, desenvolvida pela Polícia Militar.

O chefe de Polícia Civil, Joselito Amaral, ressaltou a importância da participação popular para melhorar o trabalho da instituição. “A população é a destinatária final dos serviços da instituição, e a Polícia Civil encontra na Frente Parlamentar de Segurança Pública da Alepe uma aliada na interlocução com os cidadãos”, declarou, salientando que os índices de elucidação de crimes da instituição têm sido crescentes, já alcançando a marca de 53% neste ano.

Também estiveram presentes na audiência os deputados estaduais Alberto Feitosa e Álvaro Porto; bem como o tenente-coronel Flávio Bantim, do 1º BIEsp; o comandante do IV Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Fred Saraiva; o coronel José Arnóbio, do Corpo de Bombeiros; o prefeito de Barra de Guabiraba, Wilson Madeiro; o vereador de Caruaru Sérgio Siqueira; o presidente da OAB Caruaru, Fernando Júnior; o presidente da Câmara de Vereadores de Brejo da Madre de Deus, vereador Flávio Diniz; o secretário de Segurança de Gravatá, José Ramos; o vereador de Cachoeirinha Major Moraes; o diretor integrado do interior, delegado Bruno Vital; a delegada da Mulher, Jimena Gouveia; além de representantes de diversos bairros e distritos da área rural de Caruaru.


Interiorização

Uma das marcas de trabalho da Frente Parlamentar de Segurança Pública tem sido a interiorização do debate. No primeiro semestre, o colegiado realizou uma audiência pública no município de Canhotinho, reunindo quase mil pessoas. Ainda este mês, outra audiência deverá acontecer em Palmares, na Zona da Mata, e em dezembro será a vez de Serra Talhada, no Sertão, receber uma comitiva da Frente Parlamentar. O objetivo das ações é aproximar o poder legislativo estadual da população e elaborar políticas públicas sintonizadas com os anseios populares.

Fotos: Viliane Gomes





Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.