terça-feira, 26 de novembro de 2019

Muita chuva no Sertão



Chegam informações, telegrafadas pelos meus diletos "correspondentes"  espalhados em todos os rincões do Sertão, dando conta que São Pedro abriu, ontem, sem piedade, as comportas do céu derramando muita água sobre as terras secas do semiárido pernambucano.
Fez a alegria de uma legião de sertanejos. As trovoadas, com relâmpagos e trovões, não discriminaram os mais diversos leitos, indo do meu Pajeú das Flores até as ribanceiras  do Alto Sertão do Salgueiro. Em Floresta, dos Novaes e Ferraz, o vento forte arrastou até  telhados de casas. Itaparica, da mesma forma. Teve matuto que passou a noitada juntando água e rezando o terço de joelho no chão duro.
Trovoadas de tamanha intensidade são sinais de que estão garantidos a canjica e o milho verde nas festas de fim de ano.

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.