quarta-feira, 13 de novembro de 2019

Pernambucano 2020 terá bola sustentável


A bola fabricada pela Penalty foi desenvolvida a partir de um tecido confeccionado com garrafas PET recicladas. A S11 Ecoknit será a bola de mais seis estaduais no Brasil



O Campeonato Pernambucano 2020 terá pela primeira vez uma bola ecológica. A S11 Ecoknit é revestida por um tecido confeccionado a partir de garrafas PET recicladas. Além de ser a primeira no estadual, o objeto é a primeira bola de futebol profissional do mundo com proposta sustentável.

O material foi desenvolvido pela Penalty e vai ser utilizado ainda em mais seis campeonatos estaduais, marcando presença ainda nos campeonatos de São Paulo, Goiás, do Rio Grande do Norte, Ceará, Amazonas e Pará.

A bola foi desenvolvida a partir de uma parceria com o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), e a fabricante aprimorou o produto, que agora conta com 14 gomos e supera em velocidade e precisão o modelo anterior, composto por 11 gomos.

Para a produção foram realizados testes para aferir a evolução, e em sua parte externa a bola apresenta uma gravação que auxilia o produto a ter uma melhor aerodinâmica quando estiver no ar. Na parte interior, o equipamento conta com uma câmara 6D que proporciona equilíbrio total à bola e camada de NEOTEC que a torna menos contundente sem perder elasticidade. Já nos gomos, a Penalty usou a tecnologia NEOTEC para unir os 14 gomos com a estrutura interna, garantindo 0% de absorção de água e mantém as propriedades de peso e velocidade da bola mesmo em campos molhados.

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.