terça-feira, 19 de maio de 2020

Moradora de Vertentes usa redes sociais para denunciar descaso em seu monitoramento de Covid-19



A gestão da saúde de Vertentes mais uma vez protagonizou uma situação preocupante e constrangedora para a população do município. Após os episódios popularmente conhecido como “mensalão da saúde”, denunciados no início do ano, e de ser alvo de críticas, por parte da população, pela desapropriação do hospital Jaime Santana e pela inoperância no combate a pandemia do coronavirus, uma moradora do município denunciou um severo descaso em seu acompanhamento, após apresentar sintomas da Covid-19.
Através de suas redes sociais, a senhora Renata Gomes decidiu realizar um esclarecimento relatando a aflição vivenciada desde o momento em que sentiu os primeiros sintomas da doença. Dentre outras situações, a moradora relatou o despreparo do atendimento realizado na “Unidade Mista” local; negligência e falta de cuidados sanitários na coleta de amostras para testes; e a ineficácia no monitoramento que, segundo a mesma, foi realizado através do WhatsApp.
Além disso, comentou sobre a necessidade de se transferir para uma cidade vizinha para realização de exames e atendimentos mais eficazes. Segundo a paciente, os testes realizados pela secretaria de saúde de Vertentes diagnosticaram dengue, o que foi prontamente desmentido ao realizar exames em outro município, que apontaram a presença do coronavirus.
Por fim, foi relatado que “o nº 1 da saúde do município” realizou telefonemas para a paciente, no intuito de reclamar acerca dos comentários e cobranças realizados pela mesma. Diante do exposto, Renata, que está em tratamento domiciliar e se sente bem, informou que resolveu se pronunciar para que providencias sejam tomadas e outras pessoas não venham a vivenciar o mesmo. O depoimento de Renata, na íntegra, pode ser visualizado nas imagens abaixo. Fonte: Fala PE
















Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.