sábado, 19 de outubro de 2019

PSB repudia declarações de Bolsonaro sobre Paulo Câmara


Governador Paulo Câmara foi alvo de críticas do presidente, no Twitter.



O líder do PSB na Câmara Federal, Tadeu Alencar, e o presidente estadual da legenda, Sileno Guedes, publicaram notas de repúdio às declarações do presidente Jair Bolsonaro (PSL) sobre o governador Paulo Câmara, em postagem no Twitter onde questiona o 13º do Bolsa Família oferecido pelo Governo de Pernambuco.

Confira:

"Nota oficial

A Liderança do PSB na Câmara repudia veementemente as palavras desrespeitosas do presidente Jair Bolsonaro direcionadas ao governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), reivindicando a autoria e financiamento do projeto relativo ao 13º do Bolsa Família.

Já não surpreendem os surtos de agressividade do presidente da República. Desta vez, de forma injustificada, desrespeitosa, agressiva e desonesta, sai dos seus afazeres em Brasília para agredir Pernambuco e seu governador, faltando com a verdade acerca do bolsa família, programa que sempre criticou. Esperar que o presidente da República se comporte como um Chefe de Estado, claro, é pedir demais.

A proposta do 13º para os beneficiários do Bolsa Família em Pernambuco foi apresentada pelo governador Paulo Câmara em 28 de agosto de 2018 e aprovada, pela Assembleia Legislativa, em 26 de novembro do mesmo ano. Enfatizamos que os recursos utilizados nesta ação são oriundos dos cofres pernambucanos, sem qualquer participação da União.

Melhor seria que ele desse respostas concretas acerca da mancha de óleo que se alastra sobre toda a costa nordestina, que se constitui no maior acidente ambiental em extensão, jamais visto no litoral brasileiro, segundo o Ministério Público Federal, tendo atingido 178 praias em 72 municípios de todos os nove estados nordestinos. Precisamos saber a origem dessas manchas de óleo, bem como que medidas serão adotadas pelo Governo Brasileiro para punir os responsáveis, além de evitar danos futuros a esse extraordinário patrimônio natural do nosso País.

Tadeu Alencar
Líder do PSB na Câmara Federal"

"Nota do presidente estadual do PSB

Candidato à reeleição, o governador Paulo Câmara apresentou no dia 28 de agosto de 2018 a proposta de criação do 13º do Bolsa Família. Rapidamente, a ideia foi copiada por postulantes adversários em Pernambuco e também em nível federal.

Somente no dia 10 de outubro de 2018, Jair Bolsonaro fez uma transmissão ao vivo em suas redes sociais e anunciou que também criaria um programa similiar, caso fosse eleito.

Após conquistar a vitória em primeiro turno, o governador Paulo Câmara cumpriu sua promessa e enviou, no dia 09 de novembro de 2018, o texto da Lei que cria o 13º do Bolsa Família em Pernambuco, aprovado por unanimidade em 26 de novembro daquele ano, quando Bolsonaro sequer tinha assumido o cargo mal desempenhado hoje.

Mantendo o compromisso com o povo pernambucano, a nossa gestão apresentou o novo formato do programa em março. Em abril, fez um grande ato de lançamento que reuniu milhares de pessoas no Centro de Convenções. Durante todo o ano, o Governo de Pernambuco seguiu trabalhando para levar as informações do programa aos beneficiários, realizando mais de 100 caravanas em todas as regiões do Estado. Somente esta semana, Bolsonaro apresenta uma Medida Provisória anunciando o pagamento, ainda desprovida de informações.

O presidente tenta enganar a população fazendo jogo de intrigas. Aliás, se tem algo que ele sabe fazer muito bem é confusão.

O PSB defende que suas bandeiras sejam modelos para o País e está à disposição para apresentar as boas práticas da gestão ao presidente, inclusive o projeto do 13º do Bolsa Família. É pra isso que trabalhamos: para transformar as políticas públicas em benefícios para o povo. Mas tirar proveito político e tentar enganar os brasileiros não condiz com o cargo que ele ocupa. Bolsonaro sabe onde o programa nasceu, mas insiste no jogo de intrigas para dividir a população. Não é hora de fazer queda de braço. É momento de juntar as boas práticas e fazê-las acontecer.

Se Bolsonaro não aceita dar os créditos por orgulho ou outro sentimento, pelo menos respeite a verdade. O povo não merece mais suas enganações.

Sileno Guedes
Presidente estadual do PSB"

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.