quarta-feira, 27 de novembro de 2019

Força-tarefa é criada para investigar casos de incêndios em ônibus


Oito ocorrências foram registradas pelas forças de segurança pública, a partir da noite do último domingo (24)

Ônibus destruído pelas chamas


Uma força-tarefa será criada para integrar e otimizar os trabalhos de investigação, prevenção, repressão, perícia e contenção de incêndios envolvendo os recentes casos de investidas a ônibus do Sistema de Transporte Público de Passageiros da Região Metropolitana do Recife (RMR). A informação é da Secretaria de Defesa Social (SDS).

Oito ocorrências foram registradas pelas forças de segurança pública, a partir da noite do último domingo (24). Em dois casos, os ônibus foram queimados. Nos outros seis casos, as chamas foram contidas sem haver muito danos aos veículos. Uma pessoa foi autuada em flagrante por participação nos protestos e outra está sendo ouvida pela Polícia Civil.

Os casos que tiveram os veículos realmente queimados aconteceram nos dias 24 e 25 de novembro, na cidade de Paulista. As tentativas aconteceram em Olinda, Recife e Jaboatão dos Guararapes. Todos os casos foram instaurados inquéritos e diligência e estão em curso com tomada de depoimentos, análise de imagens de câmeras e perícias criminais nos ônibus atingidos e objetos encontrados no interior desses veículos.

Por meio de batalhões de área e unidades especializadas, a Polícia Militar intensificou o patrulhamento e abordagens nos principais corredores viários da RMR. Rondas com Apoio de Motocicletas (Rocam) estão empregadas nos locais estratégicos.

O Centro Integrado de Operações de Defesa Social (Ciods) estão realizando videomonitoramento em tempo real dessas áreas. Em casos de incêndio em coletivos, o Corpo de Bombeiros está com equipes atentas para pronta-resposta.

A força-tarefa está trabalhando com todas as linhas de investigações. Informações mais detalhadas não serão fornecidas, até que os responsáveis sejam devidamente identificados, presos e levados à Justiça.

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.